(31) 3047-9693
Como saber se a descarga de combustível está correta?

Como saber se a descarga de combustível está correta?

Medidas podem ser tomadas para evitar prejuízos durante o descarregamento. Por meio dos contratos com fornecedores de combustível e sistemas automatizados, os postos conseguem agir com segurança, amenizando perdas e outros riscos relacionados ao estoque.

Não conhece meios de proteger seu patrimônio e nem o que pode ser feito para uma descarga de combustível segura?

Veja, neste post, o que o dono deve saber sobre os fornecedores de combustível e como medidas podem ajudá-los a não arcar com prejuízos.

Atenção durante a descarga de combustível

Já parou para pensar em como os fornecedores garantem a entrega de combustível? Sabemos que esses assuntos não são simples e que nem sempre há como saber que a descarga de combustível está correta, não é mesmo?

Errado!

Essas questões podem ser resolvidas se precauções forem implantadas junto aos processos. Porém, antes de aprofundarmos nesse assunto, vamos lembrar os riscos que podem ocorrer durante uma descarga de combustível: vazamentos, adulterações, irregularidades nos recebimentos e alterações nas quantidades de combustível.

Embora não pareçam prejudiciais, essas são falhas que afetam a lucratividade dos negócios. Então, como saber se a quantidade de combustível que paguei é a que recebi?

Conhecer o fornecedor e saber o que está sendo adquirido, é fator chave.

Permitir que descuidos (quanto aos produtos e abastecedores) se estendam são um risco. Por menor que seja a falha cometida nos processos de descarga, é preciso entender que a soma de incorreções podem acabar somando em prejuízos imensos quando computadas a longo prazo.

Isso é grave! É importante escolher os fornecedores com cuidado - isso ajuda como saber que a descarga de combustível está correta. Da mesma forma, é preciso também ter atenção antes, durante e após sua realização.

Veja, a seguir, como os fornecedores garantem a entrega de combustível e quais os cuidados durante o descarregamento.

Alguns cuidados durante a descarga

Agora que você já sabe a importância de escolher fornecedores, veja medidas que podem ser tomadas para ajudar o seu posto a não ter de arcar com furtos ou descargas inseguras.

#1. Opte por um transportador confiável, verificando se o veículo e o motorista estão com certificações atualizadas. Se tratando de combustíveis e outros fluídos tóxicos, verifique também se ele está em posse do certificado de inspeção de produtos perigosos.

#2. No momento do recebimento, certifique-se de fazer a conferência por meio do sistema de medição e monitoramento no tanque do seu posto, sempre antes e depois do descarregamento.

#3. Outra ação que precisa ser feita é a análise da seta que indica a capacidade do caminhão tanque. Essa verificação precisa ser realizada porque, quando o transportador vai à distribuidora, o veículo é carregado de acordo com aquela referência.

#4. Para verificar a segurança e a qualidade dos combustíveis, o funcionário do posto deve conferir se os lacres estão intactos e se os produtos solicitados estão de acordo com os dados prescritos na nota fiscal. Qualquer sinal de alteração é suspeito.

#5. O operador do posto deve realizar uma análise por meio de amostras de combustível dos compartimentos. Nessa etapa, é importante verificar se os equipamentos utilizados para os testes possuem certificado de fiscalização e verificação emitidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.

#6. Se a análise apresentar resultados positivos e o combustível estiver realmente de acordo com as exigências, o funcionário pode preencher o documento do Registro de Análise de Qualidade.

#7. Caso a análise apresente resultados negativos e o produto não atender às especificações, o colaborador pode recusar e impedir que o descarregamento seja concluído.

#8. Para não haver dúvidas quanto ao abastecimento, deve-se cuidar também qual temperatura que o combustível estava apontando no momento que foi realizado o carregamento na distribuidora. Essa informação deve ser informada em documento próprio, e apresentado ao posto no momento da descarga.

#9. Após preenchimento do formulário, o funcionário deve exigir a assinatura do motorista do caminhão, colocando os documentos e as amostras nos respectivos envelopes de segurança e lacrá-lo;

#10. O dono do posto deverá conservar as amostras dos últimos três descarregamentos em local arejado, sem que haja a incidência de luz direta e distante de qualquer fontes de calor.

#11. Se o relatório dos sistemas de medição e monitoramento apresentarem dados diferentes quanto ao volume constatado em nota, o operador do posto deve verificar no caminhão tanque (com medidas de segurança e lanterna contra incêndios) se há indícios de objetos estranhos dentro do compartimento ou se toda a descarga de combustível foi concluída.

Quando existir a suspeita adulteração, furtos, retenção ou qualquer rompimento do lacre ou existência de elementos estranhos dentro do veículo, comunique a Polícia Militar.

Para saber mais sobre os procedimentos de uma descarga de combustível segura, acesse o checklist completo que a Gilbarco preparou para você!

Sistemas para uma descarga correta e segura

Além dos cuidados descritos acima, os postos também devem contar com a eficiência de equipamentos automatizados nos processos. Por meio da tecnologia, os sistemas são capazes de auxiliá-los durante o descarregamento, esclarecendo dúvidas de forma instantânea e apontando incorreções relacionadas a movimentação nos estoques.

O Sistema de Medição e Monitoramento é um investimento excelente para os postos que esperam ter essas informações em mãos. Eles não só oferecem a segurança durante os procedimentos de descarga, como garantem credibilidade e capacidade de provar a real quantia de combustível que está sendo recebida, no ato da entrega.

Esse tipo de informação, com precisão e de forma imediata, consegue impedir que os postos sejam prejudicados com roubos ou em quaisquer outros prejuízos relacionado às mercadorias. É segurança para você e o seu estabelecimento!

Quer ter o controle e a confiabilidade nos produtos que o seu posto está adquirindo? Faça parte da inovação e veja como os sistemas de medição e monitoramento podem ajudá-lo a conseguir isso.

Fonte: Blog Gilabrco Veeder Root

Compartilhar!

De sua Opinião